Djalma Argollo

Djalma Argollo
Terapeuta Junguiano

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Pais e filhos

Pais e filhos estão interligados por fortes laços laços inconscientes, uma. Existe entre eles projeções fundamentais (participação mística) que devem ser levadas em conta na abordagem psicológica. Quando a criança apresenta distúrbios psíquicos, não se pode apenas trabalhar com elas, na busca de solução do problema. É necessário incluir a família, como defende a abordagem sistêmica. Mas isso não apenas por causa da influência do meio familiar, e principalmente dos pais, sobre a criança. MAS, TAMBÉM PELA INFLUÊNCIA DA CRIANÇA SOBRE O MEIO FAMILIAR. Existem alguns que acreditam que a criança é simplesmente objeto da ação familiar, mas no trabalho clínico percebemos que a criança, de forma inconsciente, atua como agente sobre os pais, e o grupo familiar, através de manipulações diversas, para atingir seus objetivos egocêntricos imediatos de sobrevivência. Existem problemas psíquicos apresentados por adultos que não são o resultado da influência familiar sobre eles quando crianças, mas que derivam das manipulações que realizou, na busca de atrair para si a atenção do grupo familiar.
É claro que existe uma interdependência psíquica entre todos os componentes da família, e de grande complexidade, gerando consequências diversas no desenvolvimento psicológico dos seus membros. Na verdade, todos nós carregamos, psíquicamente, inumeráveis influências psíquicas, mas as que ocorrem na infância são, normalmente, as mais persistentes e duradouras.


Djalma Argollo
Publicado no fórum de debates da Pós-Graduação
Em Psicologia Clínica na UNIARA

Nenhum comentário:

Postar um comentário